Publicidade

Posts com a Tag Trench Rossi e Watanabe Advogados

segunda-feira, 1 de julho de 2013 Advocacia | 14:11

Escritório debate Nova Lei dos Portos

Compartilhe: Twitter

O escritório Trench Rossi e Watanabe Advogados reunirá, na próxima quarta-feira (3/7), profissionais dos segmentos de Infraestrutura, Logística e Portos para o evento “A Nova Lei dos Portos: seus impactos sobre os negócios, oportunidades de investimento e principais questões jurídicas envolvidas”.

Na ocasião, Carlos Alberto Wanderley Nóbrega (sócio da DUX Consultoria em Transportes e Ex-Diretor Geral da ANTAQ), Heloisa Uelze e Bruno Duarte (sócia e associado, respectivamente, da área de Direito Público, Relações com o Governo e Direito Regulatório de Trench, Rossi e Watanabe Advogados) apresentam as implicações jurídicas e de mercado do Decreto nº 8.033, de 27.6.2013, que regulamenta a Lei no 12.815/13 (conhecida como Lei dos Portos), que têm como objetivo modernizar o setor portuário e impulsionar os investimentos da iniciativa privada.

Voltado a executivos e diretores jurídicos de empresas do segmento, o evento tem como objetivo elucidar as principais dúvidas e apresentar as oportunidades de negócios no novo cenário do segmento, após a publicação do decreto que regulamenta a lei na quinta-feira, dia 27.

O evento será das 9h às 12h na sede do Trench, Rossi e Watanabe Advogados, que fica na avenida Dr. Chucri Zaidan, 920, Market Place Tower I – 13º andar, na capital paulista.

Autor: Tags:

segunda-feira, 24 de junho de 2013 Advocacia | 16:38

Comissão de arbitragem da OAB-RJ nomeia Joaquim de Paiva Muniz como presidente

Compartilhe: Twitter

O advogado Joaquim de Paiva Muniz, sócio da área de Arbitragem & Contencioso do Trench, Rossi e Watanabe no Rio de Janeiro (RJ), foi nomeado presidente da Comissão de Arbitragem da OAB/RJ. Esse é o segundo mandato consecutivo do advogado.

Ele afirma que terá como principais objetivos promover o Rio de Janeiro como sede da área de arbitragem, continuar o trabalho de palestras gratuitas e cursos de alta qualidade e baixo custo sobre o tema na OAB/RJ e contribuir com a promoção de debates sobre nova Lei de Arbitragem e mudanças no Código de Processo Civil sobre o tema.

Autor: Tags:

quinta-feira, 28 de junho de 2012 Advocacia, Escritórios | 19:04

Trench, Rossi e Watanabe tem cinco novos sócios

Compartilhe: Twitter

O Trench Rossi e Watanabe, escolhido como um dos mais admirados do País em pesquisa realizada pela revista “Análise Advocacia 500″ de 2011, terá cinco novos sócios a partir de 1º julho de 2012. Todos já são associados da banca.

Entre os novos sócios estão os advogados do escritório de São Paulo: Gledson Campos (Contencioso Cível), Jorge Gutierrez Chamlati (Fusões & Aquisições e Societário), Juliana Porchat de Assis e Mariana Neves de Vito (ambas da área de Planejamento Tributário & Controvérsias Fiscais). Já em Porto Alegre (RS), Felipe Guilherme Lamb, da área de Fusões & Aquisições e Societário; será o novo sócio.

Autor: Tags:

quinta-feira, 17 de novembro de 2011 Fusões e Aquisições | 12:48

Trench Rossi e Watanabe assessora compra da Mabel pela PepsiCo

Compartilhe: Twitter

O escritório Trench Rossi e Watanabe prestou consultoria jurídica à PepsiCo na aquisição da Mabel, um dos maiores fabricantes de biscoitos do Brasil. A operação ainda está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A transação foi concluída na última quinta-feira (10/11), por meio da compra de participação direta e indireta na Mabel dos sócios MAB Holdings LLC, Sandro Antonio Scodro e Sergio Scodro.

O escritório atuou durante todo o processo de aquisição, desde a due diligence até a conclusão do negócio.

Leia mais:
PepsiCo confirma compra da fabricante de biscoitos Mabel

Autor: Tags: ,

sexta-feira, 11 de novembro de 2011 Advocacia | 08:26

Quatro escritórios são escolhidos os melhores do País

Compartilhe: Twitter

Demarest e Almeida, Pinheiro Neto, Siqueira Castro e Trench, Rossi, Watanabe Advogados foram os escritórios mais admirados do Brasil em pesquisa realizada pela revista “Análise Advocacia 500” de 2011.

As quatro bancas foram lembradas em duas ou mais áreas do Direito entre as 12 especialidades analisadas pela publicação que faz a pesquisa com 521 escritórios do País. Elas foram citadas em todas as áreas.

Na segunda colocação, com 11 citações, ficaram os escritórios Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Queiroga Advogados; TozziniFreire Advogados e Veirano Advogados. Em terceiro lugar aparece a banca Machado, Meyer, Sendacz e Ópice Advogados, com dez citações.

As demais bancas que aparecem no ranking –44 no total—aparecem com menos de nove citações.

O estudo é resultado da opinião de diretores jurídicos das maiores empresas por receita liquida do Brasil. Em 2011, a coleta de dados ocorreu entre 29 de julho a 9 de setembro.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

domingo, 2 de outubro de 2011 Advocacia, Escritórios | 12:20

Trench Rossi e Watanabe assessora Stratus na aquisição de ações da Mar & Terra

Compartilhe: Twitter

O escritório Trench Rossi e Watanabe prestou consultoria jurídica à empresa de private equity Stratus na conclusão dos investimentos feitos na empresa brasileira Mar & Terra, empresa com atuação na reprodução de espécies de peixes nativas da região do Pantanal e da Amazônia do Brasil.

Com o aporte de R$ 25 milhões, o fundo administrado pela Stratus adquiriu uma participação acionária relevante na companhia e passa a compartilhar o controle e as decisões corporativas com os acionistas fundadores. Esta transação integra a carteira de investimentos do fundo investimento em tecnologia limpa geridos pela Stratus.

A equipe de Trench, Rossi e Watanabe que atuou na operação contou com a participação dos advogados associados Álvaro Gallo e Felipe Calil.

Autor: Tags:

quinta-feira, 14 de julho de 2011 Escritórios | 10:13

Trench, Rossi e Watanabe assessora Bemis no processo de fechamento de capital da Dixie Toga

Compartilhe: Twitter

O Trench Rossi e Watanabe advogados prestou consultoria jurídica à Bemis Company, Inc na saída da BM&FBovespa de sua coligada brasileira Dixie Toga S/A.

A Bemis Company e as empresas que controla representam um dos maiores grupos do mundo no segmento de embalagens e na indústria de materiais sensíveis a pressão.

O Trench, Rossi e Watanabe atua como consultor jurídico da Dixie Toga desde a aquisição da indústria pela Bemis, em 2005, e teve participação ao longo destes anos em todas as questões reguladoras de valores mobiliários e no processo de fechamento de capital.

A empresa é uma das maiores fabricantes de embalagens da América Latina e atende aos mercados de alimentos, higiene pessoal e limpeza, bebidas, tabaco, farmacêutico e cosmético, e fornece para diversas empresas do Brasil e do exterior.

Autor: Tags:

segunda-feira, 25 de abril de 2011 Escritórios | 10:42

Escritório assessora criação da joint venture CPFL Energias Renováveis

Compartilhe: Twitter

Depois de prestar consultoria jurídica à CPFL Comercialização Brasil S.A. no processo de aquisição das quotas de capital da Jantus SL, detentora do maior portfólio de parques eólicos em operação no Brasil, o escritório Trench Rossi e Watanabe Advogados ajudou também o processo de criação da joint venture CPFL Energias Renováveis S.A, estabelecida a partir da associação de ativos da CPFL Energia e da ERSA Energias Renováveis, parques eólicos e usinas termelétricas a biomassa.

A estimativa é de que o processo de joint venture deve ser concluído em agosto deste ano.

A CPFL Energia passa a ser acionista majoritário com 63,6% das ações da joint venture, enquanto a ERSA responderá por 36,4% das ações. O objetivo da operação é o de criar uma companhia independente, com um portfólio próprio e de alta qualidade em energias renováveis com um plano de rápido desenvolvimento.

A nova companhia já nasce como uma das maiores da América Latina no segmento de geração de energia a partir de fontes renováveis.

Leia também:
Trench Rossi Watanabe ajuda CPFL na aquisição do maior portfólio de parques eólicos do Brasil

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 14 de abril de 2011 Advocacia, Empresas | 11:12

Trench Rossi Watanabe ajuda CPFL na aquisição do maior portfólio de parques eólicos do Brasil

Compartilhe: Twitter

O escritório Trench Rossi e Watanabe Advogados prestou consultoria jurídica à CPFL Comercialização Brasil S.A. no processo de aquisição de 100% das quotas de capital da Jantus SL, detentora do maior portfólio de parques eólicos em operação no Brasil. A transação envolveu um Enterprise Value combinado de R$ 1,56 bilhão.

A Jantus SL é controladora das empresas SIIF Énergies do Brasil Ltda e SIIF Desenvolvimento de Projetos de Energia Eólica Ltda, que detém os parques de Formosa, Icaraizinho, Paracuru e SIIF Cinco, em operação no Ceará; um projeto no Estado do Rio de Janeiro (“Quintanilha Machado”) e um portfólio de projetos eólicos com capacidade instalada total de 732 MW nos Estados do Ceará e Piauí, dos quais 412 MW já são certificados e elegíveis para participação nos próximos leilões de energia.

A CPFL contou nesta operação com a consultoria dos sócios do Trench, Rossi e Watanabe José Roberto Martins e Maria Beatriz Mello e dos advogados associados Mauricio Pacheco e Juliana Assis.

Leia também:
Trench, Rossi e Watanabe assessora multinacional no mercado brasileiro de aviação

Autor: Tags:

quarta-feira, 13 de abril de 2011 Escritórios | 19:01

Trench, Rossi e Watanabe assessora multinacional no mercado brasileiro de aviação

Compartilhe: Twitter

O escritório Trench, Rossi e Watanabe Advogados prestou consultoria jurídica ao grupo multinacional de origem italiana Avio, líder em propulsão aeroespacial, no processo de aquisição da Focaleng, uma empresa brasileira que opera na área de aeroengenharia militar em serviços de revisão, reparos e manutenção de motores aeronáuticos sob a marca Focal Aviation.

Por meio da operação, a Avio, que é responsável desde 2008 pelo apoio de manutenção e logística dos motores Spey utilizado no caça brasileiro AMX, consolida ainda mais seu papel como um parceiro estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).

O Trench, Rossi e Watanabe atuou em todo o processo que incluiu desde a elaboração e negociação dos primeiros documentos, o processo de due diligence, bem como a análise ambiental, trabalhista e de aspectos regulatórios envolvidos na operação.

Autor: Tags:

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última