Publicidade

Posts com a Tag Ajufe

quarta-feira, 20 de junho de 2012 Judiciário | 19:47

Associação exige segurança a juiz do caso Carlinhos Cachoeira

Compartilhe: Twitter

O presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Nino Toldo, e o diretor de relações institucionais, Alexandre Vidigal, estiveram na Direção Geral do Departamento de Polícia Federal nesta quarta-feira (20/6) para tratar de providências relacionadas à segurança do juiz federal substituto Paulo Augusto Moreira Lima.

O magistrado preside a 11ª Vara Federal da Seção Judiciária de Goiás e atuava no processo decorrente da chamada Operação Monte Carlo, na qual foi preso o empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, acusado de chefiar um esquema criminoso que envolveria policiais, empresários e políticos.

Segundo nota da Ajufe, o corregedor-geral da Polícia Federal, DPF Claudio Ferreira Gomes, reafirmou ao presidente da associação o compromisso do Departamento de Polícia Federal de disponibilizar efetivo suficiente para garantir a segurança do magistrado, reavaliando as condições de risco decorrentes das ameaças por ele sofridas.

Acompanhe:
Depoimento de Cachoeira será dia 24 de julho

Autor: Tags:

quarta-feira, 13 de junho de 2012 Judiciário | 16:29

Nova diretoria toma posse em associação de juízes federais

Compartilhe: Twitter

A nova diretoria da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), eleita para o biênio 2012/2014 e que será presidida pelo juiz federal Nino Toldo, tomou posse na noite desta terça-feira (12/06), no Clube Naval de Brasília.

“Tenho consciência de tudo o que este cargo representa, da importância desta associação de juízes no cenário nacional, bem como do crítico momento pelo qual passa a magistratura no Brasil”, disse Nino Toldo.

Autor: Tags:

terça-feira, 22 de maio de 2012 Judiciário | 23:58

Câmara aprova projeto que cria 120 cargos de juízes em 2012

Compartilhe: Twitter

O Plenário aprovou nesta terça-feira (22) duas emendas do Senado ao Projeto de Lei 1597/11, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que cria 225 cargos de juiz federal de turmas recursais de juizados especiais. Serão 120 cargos preenchidos em 2012 e 105 em 2013. O projeto seguirá para sanção da Presidência da República.

Pela proposta, os cargos serão preenchidos por concurso de remoção entre os juízes federais ou, na falta de candidatos, por promoção. A emenda aprovada nesta terça estabelece que as remoções e promoções estão condicionadas à existência de candidatos aprovados em concurso público em número correspondente ao dos cargos vagos de juiz criados pelo projeto.

O presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (AJUFE), Gabriel Wedy, aplaudiu a decisão dos deputados.

“É um momento de muita emoção e alegria, pois este projeto de lei vai revolucionar a Justiça Federal do nosso país, ao levar uma justiça mais célere à população mais necessitada e carente do nosso Brasil”, disse.

Com informações da Agência Câmara

Veja também:
Ministros do Supremo Tribunal Federal decidem divulgar seus salários

Autor: Tags:

segunda-feira, 13 de junho de 2011 Judiciário, Justiça Federal | 17:02

Associação de Juízes Federais de SP tem nova diretoria

Compartilhe: Twitter

Os juízes federais da 3ª região, Ricardo Geraldo Rezende Silveira e Paulo Cezar Neves Junior, foram eleitos, presidente e vice-presidente da nova Diretoria da Ajufesp-Associação dos Juízes Federais de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

A posse solene da nova diretoria acontecerá nesta segunda-feira (13/6), às 19h30, no Hall Nobre do TRF3, Avenida Paulista, 1842, 25º andar.

Autor: Tags:

sexta-feira, 29 de abril de 2011 Judiciário, Justiça Federal | 10:26

Ari Pargendler se defende de acusação de Associação dos Juízes Federais

Compartilhe: Twitter

O presidente do Conselho da Justiça Federal, ministro Ari Pargendler, também presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou, em comunicado oficial, ser responsável pela interrupção do sinal de internet durante a manifestação da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) na paralisação que os juízes federais fizeram na última quarta-feira (27/4).

Pargendler disse que a acusação é “mentirosa e irresponsável”. “O CJF não providenciou nenhuma transmissão do evento, nem contribuiu de qualquer modo para a interrupção do sinal de transmissão”.

A discussão começou quando a Ajufe publicou no próprio site a informação que a diretora do Foro do Distrito Federal, Danielle Maranhão, disse que o sinal de internet, que transmitia o evento no portal da entidade, foi cortado por decisão do CJF e da presidência do Tribunal Federal da 1ª Região.

No momento da interrupção, discursava o desembargador português Antonio Latas. O sinal foi restabelecido momentos depois.

Veja o que foi divulgado sobre a greve:
Juiz que aderir à greve nacional terá dia descontado
Juízes federais param nesta quarta-feira

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 29 de março de 2011 Judiciário | 16:16

Juízes anunciam paralisação de um dia em abril

Compartilhe: Twitter

Depois de uma assembleia geral da Associação dos Juízes Federais Brasileiros (Ajufe), ficou definido que, em 27 de abril, uma quarta-feira, a classe vai cruzar os braços por 24h.

Cerca de 767 magistrados de todo o Brasil participaram da assembleia que definiu a paralisação. Dos votantes, 83% optaram por uma ação mais firme contra a falta de avanço nas negociações. No total, 9% queriam uma greve imediata, mas a maioria, 74%, decidiu paralisar as atividades no Judiciário por um dia no próximo mês.

Autor: Tags:

quinta-feira, 24 de março de 2011 Justiça Federal | 15:46

Juízes federais podem entrar em greve em todo o País

Compartilhe: Twitter

Os juízes federais de todo o País podem entrar em greve já na próxima semana. Isso porque a entidade que defende a classe, a Ajufe (Associação dos Juízes Federais) realizará ainda nesta quinta-feira (24/3) uma assembléia física e virtual de seus associados para discutir a possibilidade de paralisação ou greve da classe.

Na pauta de discussões está uma greve imediata por tempo indeterminado, uma paralisação de um dia no dia 27 de abril ou seguir as negociações.

De acordo com a associação, os magistrados querem a revisão do teto constitucional remuneratório do funcionalismo público, o cumprimento de decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que garante a simetria entre os regimes jurídicos do Ministério Público Federal e da Magistratura Federal e mais segurança, especialmente para os que julgam organizações criminosas.

Devido ao tempo para apuração dos votos pela internet, o resultado só será conhecido na segunda-feira (28/3), quando será divulgado às 14h30 na sede da Ajufe, em Brasília.

Autor: Tags:

sexta-feira, 4 de março de 2011 Advocacia | 00:05

Associação promove concurso nacional de artigos jurídicos

Compartilhe: Twitter

A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) abriu concurso nacional de artigos para todos que se interessem pelo tema “Juízes e Judiciário: história, casos, vidas”, independentemente de serem ou não profissionais da área jurídica. Cada pessoa pode apresentar até dois artigos.

Os interessados devem enviar seus artigos até 5 de maio de 2011 para o correio eletrônico econcurso@ibrajus.org.br. Os textos serão analisados entre 16 de maio e 4 de junho de 2011 por uma comissão do Ibrajus (Instituto Brasileiro de Administração do Sistema Judiciário).

O 1º classificado, por nota, de cada grupo (por tema), terá direito de participar do XXVIII Congresso da Ajufe em Fortaleza (CE), ou se, a critério da Ajufe for considerado recomendável, no Congresso seguinte (XXIX), com as despesas de transporte aéreo (cidade de origem/cidade do congresso/cidade de origem), de hospedagem e alimentação, custeadas pela Associação.

O resultado será divulgado às 15h do dia 5 de agosto de 2011 nos sites da Ajufe e do Ibrajus.

Autor: Tags:

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011 STF | 12:43

Governo ignora lista de associação…de novo

Compartilhe: Twitter

Não foi desta vez que a Associação dos Juízes Federais (Ajufe) conseguiu emplacar o nome de um dos seis mais votados pela entiidade como novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). A entidade encaminhou uma lista com candidatos à vaga tanto para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como para a atual presidenta, Dilma Rousseff, sem sucesso.

Claro, o governo não tem obrigação de acatar o pedido de qualquer entidade, mas alguém que venha “sob encomenda” não é de todo ruim.

Ainda assim, apesar de Fux não aparecer na lista encaminhada para o Supremo, a entidade publicou uma nota parabenizando a escolha: “É com grande alegria e satisfação que recebemos a notícia de sua indicação, ele que é juiz de carreira e certamente emprestará seu notório saber jurídico, exigido pelo texto constitucional, aos trabalhos realizados pelo STF”, disse a entidade.

Asfor Rocha
Quando as apostas sobre o possível sucessor de Eros Grau ainda recaiam sobre o ex-presidente do STJ Cesar Asfor Rocha, apesar dele não constar na lista da Ajufe, a entidade revelou apoio a Rocha, justamente pelo fato dele ser um “juiz de carreira”, quesito defendido pela Ajufe.

Rocha é colega de Fux no STJ e tinha interesse pela vaga, mas, nos bastidores, demonstrou desinteresse depois que viu seu nome associado a problemas familiares envolvendo um cunhado distante.

Leia mais:
“O STF não tem mais juiz de carreira”, diz vice de associação
Ajufe encaminha à presidente Dilma lista para ministro do STF
Mesmo sem nome em lista, associação de juízes defende Asfor Rocha no STF

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 25 de janeiro de 2011 Judiciário, STF | 06:00

"O STF não tem mais juiz de carreira", diz vice de associação

Compartilhe: Twitter

Não existe ministro no Supremo Tribunal Federal (STF) oriundo da Justiça Federal. Com essa afirmação o vice-presidente da Associação dos Juízes Federais (Ajufe) da 1ª Região, juiz Fernando Tourinho Neto, defendeu os nomes da lista enviada pela associação à presidente da República, Dilma Rousseff, para ocupar a vaga aberta com a aposentadoria de Eros Grau.

“O único juiz de carreira de lá é o Cezar Peluso [presidente do STF]. Essa é uma preocupação da Ajufe. O Supremo tem de julgar casos de todas as Justiças e a Federal é a que abrange melhor o que vai ao STF”, opina Neto.

Os juízes indicados pela Ajufe foram Fausto Martin De Sanctis, Leomar Barros Amorim de Sousa, Odilon de Oliveira, Reynaldo Soares da Fonseca, Ricardo César Mandarino Barreto e Teori Albino Zavascki. Os nomes foram escolhidos através de consulta entre os associados da Ajufe. Dentre eles, os mais votados foram De Sanctis, Zavascki e Oliveira.

O magistrado, no entanto, não tem criticas quanto aos outros nomes que aparecem na lista de preferidos, entre eles, advogado geral da União, Luís Inácio Adams. “A Ajufe não é contra nomes. O Gilmar Mendes é um grande ministro e o Antonio Dias Toffoli tem se mostrado muito competente. Não temos restrições com quem venha, apenas recomendamos alguém oriundo da Justiça Federal”, salienta o representante da associação.

“O início é sempre difícil para qualquer profissão. Até para varrer a rua é complexo porque tem que se organizar onde coloca o lixo primeiro, se aqui ou ali”, encerra.

Leia mais:
Ajufe encaminha à presidente Dilma lista para ministro do STF
Patrus Ananias admite esperança por cadeira no Supremo

Leia também:
Mesmo sem nome em lista, associação de juízes defende Asfor Rocha no STF
Dilma teria acertado com Lula ida de Adams para STF
Associação de juízes move ação no Supremo por vaga no STJ
Adams não assina parecer da AGU e mantém porta aberta para o STF

Autor: Tags: , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última