Publicidade

Arquivo da Categoria Fusões e Aquisições

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 Fusões e Aquisições | 15:48

Escritorio de MG assessora negócio entre corretoras de seguros no Estado

Compartilhe: Twitter

A Brasil Insurance Participações e Administração S.A adquiriu o controle de duas empresas do setor situadas em Belo Horizonte: a Fazon Corretora de Seguros Ltda. e a Triunfo Corretora e Administração de Seguros Ltda., sendo que em ambas as aquisições, as duas corretoras compradas foram assessoradas pelo escritório Moura Tavares, Figueiredo, Moreira e Campos Advogados.

As transações foram concluídas ao longo do último semestre e, juntas, movimentaram R$ 61,1 milhões.

“Assessoramos juridicamente os proprietários das empresas e ao longo de todos os trâmites legais não tivemos dificuldades em concretizar as aquisições. Afinal, quando empresas sólidas, sérias e de credibilidade no mercado como as envolvidas nesse caso estão negociando, as coisas acontecem com mais tranquilidade”, disse Leonardo Sandes, sócio da banca mineira.

A Fazon, que atua principalmente nos segmentos de saúde, vida, auto/frota e previdência privada, foi a 1ª das aquisições e em 2010 comercializou aproximadamente R$ 55 milhões em prêmios de seguros.

Já a Triunfo, uma corretora que tem atuação destacada no segmento de seguros residenciais oferecendo produtos como fiança locatícia e capitalização, comercializou em 2011 aproximadamente R$ 30 milhões em prêmios de seguros

Autor: Tags:

terça-feira, 27 de dezembro de 2011 Fusões e Aquisições | 12:22

Brasil deve sofrer queda de fusões e aquisições em 2012

Compartilhe: Twitter

O advogado Paulo Rocha acredita que a crise na Europa ainda tenha reflexos no mercado em 2012

O setor fusões e aquisições no Brasil, que começou agitado em 2011, enfrentou uma desaceleração no último trimestre deste ano em função, principalmente, da situação econômica na Europa e suas repercussões no resto do mundo. Isso deve comprometer o ritmo do setor em 2012. A avaliação, realizada a pedido do iG, é do advogado Paulo Rocha, sócio da área de M&A do Demarest e Almeida.

“O mercado ficou dentro das expectativas. Apesar da leve queda no último trimestre, os primeiros três trimestres foram bastante aquecidos nesta área –segundo a KPMG, o volume de operações nos 3 primeiros trimestres de 2011 foi 14% maior que 2010–, que já tinha sido um ano muito bom”, disse o especialista.

No entendimento dele, justamente em função da indefinição da situação na Europa e seus reflexos no mundo, a expectativa é de que 2012 não consiga superar 2011.

“Ainda assim, creio que os setores de infraestrutura e varejo devem continuar a ter uma demanda alta. O setor sucroalcooleiro também pode seguir uma tendência de consolidação, com novas operações”, opina.

Rocha avalia, ainda, que as áreas de telecomunicações, alimentos e varejo foram as que mais se destacaram no ano que termina.

Autor: Tags:

segunda-feira, 21 de novembro de 2011 Fusões e Aquisições | 15:04

TozziniFreire assessora coreana GS na compra da espanhola Inima

Compartilhe: Twitter

O TozziniFreire Advogados assessorou a empresa sul-coreana GS Engineering & Construction (GS E&C) na aquisição da espanhola Inima OHL. O contrato de Aquisição de Ações (SPA, na sigla em inglês) foi assinado no valor de US$ 308 milhões.

Uma das dez maiores companhias de dessalinização do mundo, a Inima conta com tecnologias diversas de tratamento de água e era um braço da Obrascon Huart Lain, gigante espanhola do setor de construção.

Com essa aquisição, a GS E&C pretende expandir seus negócios no mercado de tratamento de água, que cresce 15% por ano no mundo, sendo que a Inima tem capacidade atual de 200 mil toneladas de dessalinização diária.

O escritório cuidou da parte referente à atuação da Inima no Brasil, que consiste na operação do sistema de esgoto do município paulista de Mogi Mirim e Ribeirão Preto.

Autor: Tags: ,

sexta-feira, 18 de novembro de 2011 Escritórios, Fusões e Aquisições | 00:53

TozziniFreire assessora private equity Stratus

Compartilhe: Twitter

TozziniFreire Advogados assessorou a Maestro Locadora de Veículos no aporte de R$ 55 milhões feito na empresa pelo gestor de fundos de private equity Stratus.

O investimento na Maestro, empresa de terceirização de frotas de veículos de São Paulo, tem por objetivo a ampliação do seu número de veículos, que atualmente é de 2,4 mil.

Com essa operação, o fundo administrado pela Stratus passa a ter participação majoritária na Maestro.

Autor: Tags:

quinta-feira, 17 de novembro de 2011 Fusões e Aquisições | 12:48

Trench Rossi e Watanabe assessora compra da Mabel pela PepsiCo

Compartilhe: Twitter

O escritório Trench Rossi e Watanabe prestou consultoria jurídica à PepsiCo na aquisição da Mabel, um dos maiores fabricantes de biscoitos do Brasil. A operação ainda está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A transação foi concluída na última quinta-feira (10/11), por meio da compra de participação direta e indireta na Mabel dos sócios MAB Holdings LLC, Sandro Antonio Scodro e Sergio Scodro.

O escritório atuou durante todo o processo de aquisição, desde a due diligence até a conclusão do negócio.

Leia mais:
PepsiCo confirma compra da fabricante de biscoitos Mabel

Autor: Tags: ,

quarta-feira, 14 de setembro de 2011 Advocacia, Fusões e Aquisições | 17:02

Machado Meyer assessora fusão da Brookfield

Compartilhe: Twitter

O escritório Machado, Meyer, Sendacz e Opice Advogados participou da operação de planejamento de fusão envolvendo a Brookfield Gerenciamento de Ativos Inc. e o Fundo Brookfield de Energia Renovável, anunciado na última terça-feira (13/9), o qual combinará o fundo e os ativos de energia renovável da subsidiária plena da Brookfield – Brookfield Energia Renovável Inc.

A fusão, que envolveu 40 empresas – todas auditadas pelo full duo dilligence do Machado Meyer –e criará a Brookfield Energia Renovável Associados L.P., uma parceria global, pública, focada na geração de energia renovável.

A operação deve aumentar o valor unitário anual de distribuição, com uma média de 10% nos próximos cinco anos.

Autor: Tags: ,

quarta-feira, 3 de agosto de 2011 Fusões e Aquisições | 20:45

Minoritários da Schin vão à Justiça contra advogados da Kirin

Compartilhe: Twitter

Um novo capítulo –no mínimo, inusitado—engrossa a briga envolvendo a compra da empresa Schincariol pela japonesa Kirin Holdings Company, uma das empresas líderes do setor de bebidas no Japão e na região da Ásia e Oceania, em negócio fechado nesta semana por R$ 4 bilhões.

Os advogados da parte da família que tem a fatia minoritária da empresa brasileira – reunida sob a Jadangil Participações e Representações—alegam que os defensores da Kirin “infiltraram ilegalmente” um estagiário no Fórum de Itu, onde corre a ação, para ter “informações privilegiadas”.

Os advogados Roberto Teixeira e Cristiano Zanin Martins, do Teixeira, Martins & Advogados –que defende a Jadangil—alegam que o escritório TozziniFreire, que defende a empresa japonesa, teria colocado um estudante do 3º ano de direito da Universidade de São Paulo (USP) –e que trabalharia para o escritório– dentro do cartório de distribuição para ter acesso ao processo. Ele, por sua vez, ficava no interior do balcão, espaço reservado apenas a servidores do judiciário.

Com essas alegações, Teixeira e Martins entraram com uma representação contra o TozziniFreire e levaram o caso ao conhecimento do juiz corregedor do Fórum de Itu, que deve abrir um inquérito policial para apurar o caso.

O advogado Fernando Serec, sócio responsável pela área de contencioso de TozziniFreire Advogados, contesta as alegações dos advogados Roberto Teixeira e Cristiano Zanin Martins, e diz que esse procedimento envolvendo o suposto estagiário não procede.

“O processo é público. Todos podem ter acesso aos autos. Nossos dois advogados acompanham o caso de perto, como deve ser. Não procede essa informação alegada nessa representação”, disse Serec.

Ainda sem acesso à representação, Serec diz que o único procedimento que o escritório vem tomando se refere à discussão sobre a legalidade da venda, movida pelos minoritários. “Esse é o procedimento que estamos aguardando a liminar. Não sabemos de qualquer outra discussão sobre o assunto”.

Do imbróglio
Segundo o documento que iG teve acesso, o estudante A.S. “se infiltrou no cartório para ter informações relativa a ação”. Para tanto, o estudante –que ainda não é escrito como estagiário na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)—teria alegado aos funcionários do cartório que precisava fazer um estágio para acompanhar o número de ações novas naquela comarca e que, portanto, era um “pesquisador”.

O pedido de acompanhamento, que tinha validade de um dia, foi aceito pelos representantes do Fórum. A postura do estudante só despertou suspeitas porque, “ao tomar conhecimento da aludida ação, ele saía do local para fazer ligações telefônicas. Outrossim, a mesma pessoa, após tomar conhecimento de outra informação interna de distribuidor sobra a autuação da mesma ação, saiu novamente do recinto e fez nova ligação telefônica”, alegam os advogados da Jadangil.

“Não há dúvida que a conduta, além de revelar a má-fé por parte dos profissionais acima referidos [a ação cita nomes de advogados do TozziniFreire], que se utilizaram de ardil para obtenção de informação processual privilegiada, também apta a caracterizar outros ilícitos e, ainda, infração ética”, diz a representação.

iG tentou ligar no celular do estudante, número que consta na ação, mas cai na caixa postal. Ninguém foi localizado no Fórum de Itu para comentar o caso em virtude do avançado da hora.

Atualizado às 22h12 do dia 3 de agosto de 2011

Acompanhe:
Compra da Schin pela Kirin altera todo setor de bebidas no Brasil
Kirin deve buscar acordo com herdeiros da Schincariol
Japonesa compra controle da Schincariol por R$ 4 bilhões
TozziniFreire e Mattos Filho assessoram compra da Schin pela Kirin

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 2 de agosto de 2011 Advocacia, Fusões e Aquisições | 13:07

TozziniFreire e Mattos Filho assessoram compra da Schin pela Kirin

Compartilhe: Twitter

O escritório TozziniFreire Advogados assessorou a Kirin Holdings Company, uma das empresas líderes do setor de bebidas no Japão e na região da Ásia e Oceania, na aquisição da totalidade do capital da Aleadri-Schinni Participações e Representações, controladora do Grupo Schincariol, segundo maior fabricante de cervejas do Brasil.

A holding Aleadri-Schinni Participações e Representações, dos irmãos Alexandre e Adriano Schincariol, era a detentora dos papéis vendidos, e foi assessorada pelo Mattos Filho. O sócio João Ricardo de Azevedo Ribeiro comandou a operação.

O negócio, registrado na noite da última segunda-feira, 1º de agosto, na Bolsa de Valores de Tóquio, totalizou R$ 4 bilhões, pagos integralmente pela Kirin.

O trabalho foi realizado pelo Japan Practice Group de TozziniFreire e contou com a coordenação dos sócios Pedro Seraphim e Marcio Baptista.

Acompanhe:
Compra da Schin pela Kirin altera todo setor de bebidas no Brasil

Autor: Tags: ,

segunda-feira, 1 de agosto de 2011 Advocacia, Fusões e Aquisições | 18:15

Advogado brasileiro fala de investimentos no Canadá

Compartilhe: Twitter

O advogado André de Almeida, sócio de Almeida Advogados e Presidente da Inter-American Bar Association, viaja na semana que vem para dar conferências sobre “Fusões e Aquisições na América Latina”, na Conferência Anual da ABA – American Bar Association, em Toronto.

Autor: Tags:

sexta-feira, 29 de julho de 2011 Escritórios, Fusões e Aquisições | 19:38

TozziniFreire, Demarest e Gouvêia Advogados assessoram negócio com empresa indiana no Brasil

Compartilhe: Twitter

O escritório TozziniFreire Advogados assessorou a empresa agroquímica indiana United Phosphorus Limited (UPL) na aquisição de 51% das ações da DVA Agro do Brasil, produtora e distribuidora de defensivos agrícolas e produtos para a saúde animal. Baseada em Campinas (SP), a empresa pertence ao grupo alemão DVA Group.

Esta é sua segunda aquisição no Brasil – a primeira, em abril deste ano, foi a compra de 50% da Sipcam Isagro, fabricante de defensivos agrícolas de Uberaba (MG).

Do outro lado, os escritórios Demarest e Almeida Advogados e Gouvêa Vieira Advogados assessoraram a DVA Agro do Brasil.

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última