Publicidade

sexta-feira, 28 de setembro de 2018 Judiciário | 14:15

Saiba quantos e quais processos judiciais tem cada candidato à Presidência

Compartilhe: Twitter

Um levantamento inédito feito pela Kurier, empresa na área de extração e gestão de informações jurídicas, revela que a maioria dos candidatos à Presidência da República responde por 151 processos na Justiça como réus. As ações, aliás, estão em tramitação desde outubro de 2013. O levantamento foi feito pela ferramenta Kurier Analytics, uma plataforma de jurimetria no Brasil que permite analisar o comportamento da Justiça em todo o território nacional.

Dos 13 candidatos, apenas três não possuem processo em tramitação na Justiça. São eles: Henrique Meirelles (MDB), Marina Silva (Rede) e Vera Lúcia (PSTU).

Os outros 10 candidatos respondem por processos. O candidato com maior número de processos é Ciro Gomes (PDT) com 77, seguido por Fernando Haddad (PT) com 31 e João Goulart Filho (PPL) com 12. Os candidatos Geraldo Alckmin (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL) possuem seis processos cada. Jair Bolsonaro (PSL), que lidera as pesquisas de opinião de votos, tem cinco ações na Justiça em que responde como réu. Álvaro Dias (Podemos) tem cinco processos, enquanto José Maria Eymael (Democracia Cristã) e Cabo Daciolo (Patriota) empatam com quatro ações cada um em tramitação na Justiça. O candidato João Amoedo (novo) responde por um processo como réu.

No levantamento é possível saber quando o processo foi ajuizado (data da distribuição), o estado da federação, esfera da Justiça (Estadual ou Federal) e o tipo de pedido ou acusação feito na ação contra o réu.

“O Analytics é uma ferramenta que proporciona uma pesquisa rápida e precisa dos processos de qualquer nome desejado. O levantamento foi feito para ajudar o eleitor a escolher o seu candidato e informar a população sobre as demandas judiciais. Não há nenhuma intenção de beneficiar este ou outro candidato e nem de interferir no processo eleitoral”, explica Bruno Salvatore, diretor-executivo da Kurier.

A coluna teve o cuidado de publicar abaixo a íntegra do estudo. Portanto, as contestações sobre os dados e números devem ser levadas aos autores da pesquisa, devidamente creditados nesta matéria. Confira a íntegra do estudo:
PesquisaKurier1

Autor: Tags: