Publicidade

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018 Advocacia | 13:10

Rio sedia congresso sobre inovação e mediação

Compartilhe: Twitter

Desde maio de 2016, o Conselho Nacional de Justiça, por meio da Resolução 225, designou como atribuição dos Tribunais de Justiça do país, a divulgação, o fomento e a implementação de Programas de Justiça Restaurativa para atendimento de qualidade aos envolvidos em conflitos penais. Foi criada, então, a Política Nacional de Justiça Restaurativa no âmbito do Poder Judiciário. Com o objetivo de preparar os atores do cenário do Direito, fornecendo-lhes fundamentação teórica construtiva e a oportunidade de experimentar práticas adequadas para o exercício da Justiça Restaurativa foi idealizado o I Congresso Internacional sobre Inovação e Mediação, que será realizado durante o VI Fonamec[1], no Rio de Janeiro. O evento é gratuito.

O Congresso será aberto oficialmente no dia 6 de março, as 9h30 e realizará nos dois dias consecutivos onze mesas de debates compostas por membros dos Poderes Judiciários brasileiro e autoridades acadêmicas nacionais internacionais, de forma a criar um ambiente propício à discussão e ao fortalecimento da legislação e das práticas de resolução alternativas de conflitos. A programação será totalmente voltada para a discussão do tema “Inovação e Mediação” e os seus impactos na gestão de grandes companhias e instituições nacionais. Temas como Prevenção e Solução de Conflitos, Resolução de Disputas Online : Perspectiva Internacional , Impactos da Mediação na Atividade Judicial e Compliance , Prevenção e Solução de Conflitos, serão alguns dos temas debatidos durante o Congresso.

Participam da cerimônia de abertura o presidente do TJRJ, Des. Milton Fernandes de Souza; o corregedor do TJRJ, Des. Claudio de Mello Tavares; o presidente da Emerj, Des. Ricardo Rodrigues Cardozo; o presidente do Fonamec, Des. Cesar Cury; o Ministro Ricardo Villas Bôas Cueva, do STJ; e a Sra. Daldice Santana, conselheira do CNJ.

O Congresso também contará com palestras de Ligia Zotini Mazurkiewicz, Colin Rule, Murray Armes, Lourdes Arastey, Deborah Mendez, Jean Claude Najar e os Ministros Luis Felipe Salomão e João Otávio de Noronha, do Superior Tribunal de Justiça.

As inscrições podem ser feitas pela página da Emerj: www.emerj.tjrj.jus.br

Autor: Tags: