Publicidade

quinta-feira, 9 de novembro de 2017 Direito penal | 14:42

Pesquisa: Direito Penal em ascensão na advocacia empresarial

Compartilhe: Twitter

Acompanhando a maior rigidez na legislação de crimes empresariais desde o início da Operação Lava Jato, o Direito Penal vem se destacando nas pesquisas da Análise Editorial. Essa é a especialidade que os departamentos jurídicos mais terceirizam, 62% contratam os serviços. Seguindo essa tendência, houve recorde no número de indicados: foram 430 advogados e 298 escritórios mencionados em Penal na pesquisa para a 12ª edição do ANÁLISE ADVOCACIA 500, lançada esta semana.

Desses, foram eleitos admirados 82 profissionais e 73 bancas. Em 2014, o ranking trazia 42 advogados e 46 escritórios. Os executivos que elegeram esses admirados atuam, principalmente, em empresas dos setores de comércio (8%), siderurgia e mineração (6%) e alimentos, bebidas e fumo (5%). Para os executivos de comércio e de agroindústria essa também será uma das seis especialidades que mais terão demandas no próximo ano.

Da pesquisa
A pesquisa para a 12ª edição do anuário bateu todos os recordes anteriores. Foram entrevistados 1.022 executivos responsáveis pelos departamentos jurídicos das 1,8 mil maiores empresas do país que votaram num total de 1.665 escritórios e 4.345 advogados. O resultado é um ranking com 690 bancas e 1.635 profissionais que somaram pontos suficientes para se elegerem como os Mais Admirados. Das 165 bancas estreantes no anuário, apenas duas são frutos de fusões e 19 de cisões, mas muitas delas pertencem a advogados que atuavam em escritórios tradicionais e saíram para apresentar um novo serviço ao mercado.

Autor: Tags: