Publicidade

quinta-feira, 21 de agosto de 2014 Judiciário, STJ | 16:09

Sidnei Beneti se aposenta como ministro do STJ

Compartilhe: Twitter

A sete dias de completar 70 anos, idade máxima permitida para atuação no serviço público, o ministro Sidnei Beneti se despede do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Foram sete anos de atuação no tribunal. O decreto de aposentadoria, assinado pela presidente Dilma Rousseff, foi publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira (21).

Natural de Ribeirão Preto e formado em direito pela Universidade de São Paulo (USP), em 1968, Beneti iniciou sua carreira como juiz substituto, em 1972. Em 1995, tomou posse como desembargador no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) e em 2007 tornou-se ministro do STJ, nomeado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

São 42 anos e meio de magistratura. “Sou o ministro com mais tempo de serviço na magistratura de todos os tribunais superiores, uma espécie de decano dos tribunais”, disse ao site do STJ.

No STJ, integrou a Terceira Turma, a Segunda Seção e a Corte Especial. Foi membro da Comissão de Jurisprudência e da Comissão de Documentação e fez parte da comissão que propôs alterações no Código de Processo Civil.

Com informações do STJ

Autor: Tags: