Publicidade

quarta-feira, 23 de julho de 2014 Direito de Família | 21:29

Conferência mundial discute direitos das famílias

Compartilhe: Twitter

A América do Sul vai sediar pela primeira vez a XV Conferência Mundial da Sociedade Internacional de Direito de Família (ISFL, da sigla em inglês). Com o tema universidades e singularidades, o evento será em Recife (PE) entre os dias 6 a 9 de agosto, no auditório principal do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF). O objetivo é fazer com que os operadores do direito dos cinco continentes troquem experiências e tratem juntos, com sensibilidade, a complexidade inerente aos conflitos familiares.

A conferência não segue o modelo tradicional de poucos palestrantes, e sim um evento em que os trabalhos científicos enviados foram aprovados e os congressistas irão expor seu conhecimento relativo a um tema pelo período de 15 minutos. Já foram selecionados e confirmados mais de cem expositores, além daqueles que irão proferir as palestras magnas. Serão eixos temáticos: casal; influências econômicas e ideológicas; criança; alienação parental e abuso sexual; interdisciplina; e acesso à Justiça.

Para a coordenadora da conferência, a psicanalista Giselle Câmara Groeninga, vice-presidente da ISFL e diretora nacional do Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFAM), entidade co-realizadora do evento, é uma chance única de poder discutir no Brasil o direito de países como China, Rússia e Japão, bem como se comparar o direito europeu de família com o atual estágio do direito sul-americano.

O evento terá tradução simultânea das palestras e os palestrantes são originários dos seguintes países: Holanda, Estados Unidos da América, Dinamarca, França, Argentina, Rússia e Austrália, entre outros.

Autor: Tags: