Publicidade

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014 Judiciário, TJs | 13:17

Presidente da OAB-SP pede mais diálogo com o Judiciário

Compartilhe: Twitter

Na primeira sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), que marcou o início dos trabalhos do Novo Ano Judiciário no Estado, nesta quarta-feira (15/01), o presidente da OAB SP, Marcos da Costa, reforçou em seu discurso a necessidade da ampliação do diálogo entre os integrantes do sistema de justiça:

“Temos a convicção de que a solução para cada um dos diversos problemas enfrentados pela nossa Justiça será mais precisa, mais acertada, quanto maior for a soma de esforços e de experiências de todos os operadores do Direito, o que se concretiza pelo permanente diálogo entre os protagonistas da justiça”.

Marcos da Costa também cumprimentou o novo Presidente do Tribunal de Justiça, José Renato Nalini, pelos seus pronunciamentos iniciais, que demonstram disposição em dialogar todas as instituições da Justiça, especialmente com a advocacia.

“Vossa Excelência tem efetivamente sinalizado mudança no sistema de controle de acesso de advogados aos fóruns de todo o Estado, e nesse Egrégio Tribunal, gesto que evidencia o respeito à advocacia, uma vez que o sistema até então implantado nos transmitia o sentimento de que alguns, equivocadamente, entendiam sermos um corpo estranho ao espaço da Justiça”.

O Presidente da OAB SP reforçou que este ano marca os 50 anos da ditadura militar e lembrou a luta dos brasileiros para restaurar o Estado Democrático de Direito, a importância da Constituição Federal de 88 e as demandas da sociedade, expressas nas manifestações do ano passado, que clamam por “mudanças de gestos, atitudes e práticas dos governantes”. Por fim, disse que a advocacia se coloca à disposição da nova cúpula do TJ-SP para contribuir com “a meta de fortalecimento da estrutura judiciária, sintonizada pelos interesses do jurisdicionado”.

Autor: Tags: , ,