Publicidade

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 Consumidor | 11:56

Ter ou não a garantia estendida? Entenda

Compartilhe: Twitter

Quais são as vantagens de contratar a garantia estendida? Para que ela serve? Há respaldo no Direito do Consumidor? Essas e outras dúvidas são comuns na hora da compra de eletrônicos, por exemplo, quando a garantia estendida é oferecida tanto em lojas físicas quanto online. Mas quando usar? iG bateu um papo com o advogado Vinicius Zwarg, sócio do escritório Emerenciano, Baggio e Associados e especialista em direito do consumidor para entender mais sobre o assunto.

iG – Quais são as vantagens de contratar a garantia estendida?
Vinicius Zwarg – A possibilidade de troca imediata do produto na própria loja onde foi comprado (substituição, troca ou conserto). No entanto, é importante lembrar que o Código de Defesa do Consumidor (CDC) prevê garantia legal de 30 ou 90 dias e alguns produtos são comercializados com garantia contratual que se soma a legal. Ademais, deve-se levar em consideração a vida útil de um produto (expectativa de vida).

iG – Qual o prazo de vigência?
Vinicius Zwarg – Será o prazo ofertado pelo fornecedor. Por exemplo, atribuir mais um ano de garantia para diverso produto.

iG – A partir de quando se inicia?
Vinicius Zwarg – A partir da contratação da garantia estendida.

iG – Como posso contratar a garantia estendida?
Vinicius Zwarg – Via de regra, este serviço é vendido pelos lojistas.

iG – A garantia estendida está prevista no CDC?
Vinicius Zwarg – Não. No CDC existe previsão garantia legal (30 dias para produtos não duráveis e 90 dias para produtos não duráveis) e garantia contratual (liberalidade do fornecedor).

iG – Quais as partes envolvidas na garantia estendida?
Vinicius Zwarg – Todos os fornecedores envolvidos com a oferta do serviço.

iG – Quais são os setores da economia que mais fazem uso da garantia estendida?
Vinicius Zwarg – Via de regra, produtos duráveis, como computador, TV, etc.

Autor: Tags: