Publicidade

quarta-feira, 15 de junho de 2011 Advocacia | 22:52

Advogado é condenado por 109 crimes de estelionato

Compartilhe: Twitter

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul condenou o advogado Leandro André Nedeff pela prática de 109 crimes de estelionato. Ele foi denunciado pelo Ministério Público porque recebia valores superiores aos acordados com os clientes.

De acordo com a denúncia, na primeira quinzena de setembro de 2005, em Carazinho (RS), e na primeira quinzena do mês seguinte, em Passo Fundo, em razão de acordos trabalhistas, recebeu valores muito superiores do que havia estipulado com os seus clientes, os quais assinaram recibos tidos como falsos, rendendo a Nedeff um proveito patrimonial de cerca de R$ 400 mil.

Segundo informações do tribunal gaúcho, o advogado recebeu uma pena de 5 anos e dez meses de reclusão , em regime inicial semiaberto.

A sentença foi proferida pelo Juiz de Direito Orlando Faccini Neto, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Carazinho e contou com 447 páginas. A pena foi fixada em cinco anos e dez meses de reclusão, em regime inicial semiaberto.

Autor: Tags: