Publicidade

quarta-feira, 13 de abril de 2011 Leilões | 19:46

Leilão de imóveis de fraudadora do INSS termina sem lances

Compartilhe: Twitter

A detenta Jorgina de Freitas, que cumpre pena por fraude no INSS, em um desfile na Penitenciária Feminina Talavera Bruce, no Rio (Foto: AE)

Ninguém se interessou pelos primeiros seis imóveis, de um total de 60, comprados por Jorgina Maria de Freitas Fernandes com o produto das fraudes contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Ela é considerada a maior fraudadora da previdência social do País.

Em leilão realizado nesta quarta-feira (13/4), no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), não apareceu comprador interessado nos bens, avaliados num total de R$ 1,96 milhão.

Jorgina foi condenada a 14 anos de prisão por desviar cerca de R$ 1,2 bilhão do INSS nos anos 90.

Um novo leilão foi marcado para dia 27 de abril, às 15 horas, no mesmo local. De acordo com a leiloeira pública Norma Maria Machado, os lances começarão com 60% do valor de avaliação.

Leia mais:
Justiça leiloará imóveis de quadrilha de Jorgina de Freitas
Vídeo: Jorgina recorre para não pagar R$ 200 milhões

Autor: Tags: , , ,