Publicidade

sábado, 26 de março de 2011 Judiciário, STF | 07:00

"Vetei 30 mil ações no STF em 2010", diz presidente do STF

Compartilhe: Twitter

O ministro Cezar Peluso falou para 200 advogados associados da IASP (Foto: Felipe Lampe)

Em três anos, o número de processos que chegam ao Supremo Tribunal Federal (STF) para serem distribuídos entre os onze ministros caiu mais da metade. Para se ter uma ideia, em 2007 o tribunal distribuiu 112.938 ações. Em 2010, foram 41.014. E esse número deve cair ainda mais em 2011. É o que promete o presidente do STF, ministro Cezar Peluzo.

“Trinta mil ações deixaram de ser distribuídas aos ministros do Supremo porque eu vetei. Como presidente do STF, posso fazer isso. Eram petições absolutamente inúteis e inviáveis. Esse ano pretendemos manter a diminuição”, garantiu Peluso em evento realizado nesta sexta-feira (25/3) pelo Instituto dos Advogados de São Paulo (Iasp).

Segundo apurou o iG com dados do Supremo, até 28 de fevereiro de 2011, foram distribuídos 5.985 processos, e julgados 11.603. “Existem casos que estão no Supremo há vinte anos e causa principal disso está na multiplicidade de graus de jurisdição. A maioria dos paises conta só com duas instâncias. O Brasil tem quatro”, comentou.

Atualizado às 20h do dia 26 de março de 2011
Leia mais:
Poder público responde por 90% dos recursos no STF
Dilma deve indicar mais dois ministros para o Supremo

Autor: Tags: , , ,