Publicidade

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010 Recuperação e falência | 05:00

Advogado de Canhedo diz que pode recorrer de venda de fazenda

Compartilhe: Twitter

“Estamos estudando medidas para recorrer da compra da fazenda Piratininga”. A afirmação é do advogado Carlos Campanhã, que defende Wagner Canhedo no processo que corre na Justiça do Trabalho contra o dono da falida Vasp.

Sempre discreto ao comentar as decisões, Campanhã se limitou a dizer que a decisão sobre a venda do imóvel ainda é passível de recursos.

A fazenda Piratininga foi vendida em 15 de dezembro por R$ 310 milhões, menos da metade do valor de sua avaliação, que ficou em R$ 615 milhões.

O grupo comprador –que não quer se identificar– participou de uma disputa acirrada com mais três empresas que tentavam levar a fazenda de Canhedo, dentre elas, o grupo JBS Friboi e a Fazenda Santa Bárbara – pertencente a Daniel Dantas – além da Voe Canhedo.

O que se sabe até agora, no entanto, é que nenhuma dessas empresas foi a compradora. Informação ainda não confirmada oficialmente, já que o anonimato é a bola da vez.

Autor: Tags: , ,