Publicidade

sexta-feira, 17 de setembro de 2010 Bancos, Ministério Público | 19:19

Governo recupera obras de arte envolvidas em ação do Banco Santos

Compartilhe: Twitter

Duas obras de arte que pertenciam à coleção do ex-banqueiro Edemar Cid Ferreira e que foram sequestradas pela Justiça Federal de São Paulo após a quebra do Banco Santos, em 2005, serão repatriadas na próxima terça-feira (21), nos Estados Unidos

O procurador federal do Distrito Sul de Nova York, Preet Bharara, entregará ao secretário nacional de Justiça, Pedro Abramovay, e a autoridades do Judiciário e do Ministério Público brasileiros, dois quadros: um de Roy Lichtenstein e o outro de Torres Garcia, avaliados em US$ 4 milhões. A entrega será feita em solenidade que acontece na sede do distrito sul da Procuradoria dos Estados Unidos, em Nova York (EUA).

Com a condenação de Cid Ferreira a 21 anos de prisão por gestão fraudulenta, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, em dezembro de 2006, o sequestro de todas as obras da coleção do ex-banqueiro foi determinado de forma definitiva pela Justiça Federal.

Leia também:
Promotor pode ocupar cargo de confiança em governos?

Autor: Tags: ,